25 de outubro de 2015

Quando chegar aos 30, serei uma mulher de verdade. Nem Amélia, nem ninguém, um belo futuro pela frente e um pouco mais de calma talvez. E quando chegar aos 50 serei livre, linda e forte, terei gente boa ao lado, saberei um pouco mais do amor e da vida quem sabe?! E quando chegar aos 90, já sem força, sem futuro, sem idade, vou fazer uma festa de prazer, convidar todos que amei, registrar tudo que sei, e morrer de saudade".

Martha Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pense bem, pense elevado, ancore a alegria no seu coração!

 
BlogBlogs.Com.Br