7 de janeiro de 2009

Poeira


"E quando tudo silencia é quando mais temo.
Não pelo o que pode vir depois das palavras,
mas pela voz que grita aqui dentro
sempre que algo quer sair e não tem força.
Por que tudo aquilo que a gente não despenca na hora,
forma uma nuvem cinza e faz chover no final.
É por isso que eu espirro,
pra mandar o cinza pra fora.
Até o travesseiro cansa de tanta umidade
e expulsa seu próprio dono
e nem dormir a gente consegue mais...
Vivo procurando o azul desses momentos
que sempre querem ser cinza,
porque sei que respirar ar fresquinho sem poeira,
é muito mais saudável."

By QUINTAL DE FELICIDADES
Ilustração: Irisz Agocs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pense bem, pense elevado, ancore a alegria no seu coração!

 
BlogBlogs.Com.Br