27 de novembro de 2008

Amar é permitir sempre; amar é compreender sempre; amar é deixar que o outro vá — ou que fique, se assim o desejar; amar é respeitar todos os direitos humanos da pessoa amada; amar é jamais ter ciúmes; amar é não ter medo de perder. Amar é não forçar nada — nem sequer um beijo na boca; amar é não fazer perguntas desnecessárias ou indiscretas — muito menos na hora errada; amar é deixar fluir a Emoção em todos os sentidos; amar é incentivar o vôo livre que o outro possa estar querendo, e às vezes até mesmo empurrá-lo com ternura para o abismo gostoso do desconhecido profundo. Amar é respeitar com devoção e aplaudir com entusiasmo o desejo de saltar que o outro às vezes tem. Amar é reconhecer afetuosamente o direito que o outro tem de fazer suas escolhas — mesmo que essas escolhas eventualmente me excluam." - Edson Marques, do blog MUDE

25 de novembro de 2008

"...posso ser a mosca da sua sopa ou a mariposa da sua lâmpada, o que importa é o vôo..."

Copiado e colado de BLOG DE 7 CABEÇAS

"A chuva é só uma forma da terra conversar com o céu."

Copiado e colado de POEMAS TARDIOS
"...a ordem cronológica é parte desimportante.
é que a memória guarda essas coisas como bem quer. e as mágoas e o tempo se somam fazendo a gente quase esquecer...
então, quando menos se espera, as lembranças são evocadas, aleatoriamente, por uma música, um poema, um cheiro..."

Copiado e colado de POEMAS TARDIOS

"A colheita é comum, mas o capinar é sozinho." - Guimarães Rosa

"O mundo se faz com duas mãos.
Estendo a minha.
Mas não alcanço a sua.
Então recolho.
Mão sozinha no espaço,
não faz diferença no universo…"

"Esse mundo tem matado a nós.
Tem sim.
Ou a gente tem se matado um pouco a cada dia
e culpado o mundo"


Copiado e colado de POETRIZ

"Sexo é igual pizza: Por pior que seja, nunca é tão ruim!"

By Carlota

17 de novembro de 2008

"Há ocasiões em que as palavras não servem de nada,
quem me dera a mim poder também chorar,
dizer tudo com lágrimas,
não ter de falar para ser entendida."
- José Saramago

Friendly Skies

"Ele busca uma estrada. Ela, uma saída
Ele busca destino. Ela, direção.

Ele busca mapas. Ela, bússola.
Ele busca rotas. Ela, atalhos.

Ele busca vôo. Ela, chão.
Ele busca inícios. Ela, conclusões.

Ele busca prefácios. Ela, epílogos.
Ele busca explicação. Ela, fé.

Ele busca letras. Ela, bateria.
Ele busca os porquês. Ela, os comos.

Ele busca ordem. Ela, solução.
Ele busca discursos. Ela, controle-remoto.

Ele busca homilias. Ela, êxtase.
Ele busca discussões. Ela, resumos.

Ele busca memória. Ela, olvido.
Ele busca fastforward. Ela, pause.

Ele busca encontros. Ela, reunião.
Ele busca vinho. Ela, cerveja.

Ele busca partituras. Ela, improviso.
Ele busca sede. Ela, saciar.

Ele busca noites. Ela, luzir
Ele busca códigos. Ela, mensagens.

Ele busca mais. Ela, o necessário.
Ele buscar saber. Ela vai

Ele busca o desejo. Ela, quer.
Ele busca paixão. Ela, beijo.

Ele busca. Ela, sorri.

Ele, Ela."


Copiado e colado de TUDO,MENOS AQUILO

“Ontem é um cheque cancelado, amanhã uma nota promissória e hoje é o único cash que você tem. Gaste-o com sabedoria.” Kay Lions.

Copiado e colado de FRASES ILUSTRADAS

11 de novembro de 2008

"Não penso que te possuo — nem quero te pertencer. E porque somos livres, transitória gostosura, eu me entrego como um ponto de luz nos teus olhos de mar e um toque sutil na tua pele de pêssego.

Eu te quero como um risco delicado, um perigo iminente, mas sem excesso de presença. Desse modo, nem meu mundo termina aqui, nem você será prisioneira de mim.

Não importa se isso dure, nem é preciso que se acabe; não sei se será sempre tão bom e nem busco certezas. Mas, como as delícias do agora me encantam — e bastam — até posso dizer que já estou começando a te amar." - Edson Marques

Copiado e colado de MUDE

"O tempo não cura nada, o tempo apenas tira o incurável do centro das atenções."

"Homem é que nem caixa de isopor: é só encher de cerveja que você leva pra qualquer lugar."

8 de novembro de 2008

"Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos. Não contaram pra nós que amor não é acionado, nem chega com hora marcada.
Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade.
Fizeram a gente acreditar numa fórmula chamada "dois em um": duas pessoas pensando igual, agindo igual, que era isso que funcionava. Não nos contaram que isso tem nome: ANULAÇÃO. Que só sendo indivíduos com personalidade própria é que poderemos ter uma relação saudável.
Fizeram a gente acreditar que casamento é obrigatório e que desejos fora de hora devem ser reprimidos. Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados, que os que transam pouco são caretas, que os que transam muito não são confiáveis, e que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto. Só não disseram que existe muito mais cabeça torta do que pé torto...
Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade. Não nos contaram que estas fórmulas dão errado, frustram as pessoas, são alienantes, e que podemos tentar outras alternativas.
NÃO CONTARAM QUE JÁ NASCEMOS INTEIROS, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia, é muito mais agradável!
Ah, também não contaram que ninguém vai contar isso tudo pra gente. Cada um vai ter que descobrir sozinho.
E aí, quando você estiver MUITO apaixonado por você mesmo, v*i poder ser MUITO FELIZ e se apaixonar por alguém."
(John Lennon)

Copiado e colado de UTOPIAS

6 de novembro de 2008

Quebrou? Joga fora!!

"Não tente colar nem um cristal porque a luta vai ser em vão!
Essa guerra você perde!
Se quebrou...jogue fora e esqueça!!!
Pedaços jamais voltarão a ser uma peça perfeita.
Assim vivem muitas estórias de amor: coladas.
Lamentável!"


Copiado e colado de UTOPIAS

5 de novembro de 2008

JOGO DA VERDADE


"A verdade é um labirinto.
Se digo a verdade inteira,
se digo tudo o que penso,
se digo com todas as letras,
com todos os pingos nos is,
seria um deus-nos-acuda,
entraria um sudoeste
pela janela da sala.
Então eu digo
a verdade possível,
e o resto guardo
a sete chaves
no meu cofre de silêncios."


Roseana Murray

FADAS E BRUXAS

"Metade de mim é fada,
a outra metade é bruxa.
Uma escreve com sol,
a outra escreve com a lua.
Uma anda pelas ruas
cantarolando baixinho,
a outra caminha de noite
dando de comer à sua sombra.
Uma é séria, a outra sorrí;
uma voa, a outra é pesada.
Uma sonha dormindo,
a outra sonha acordada."


Roseana Murray
"Sempre desprezei as coisas mornas,
as coisas que não provocam ódio nem paixão,
as coisas definidas como mais ou menos,
um filme mais ou menos,
um livro mais ou menos.
Tudo perda de tempo.
Viver tem que ser perturbador,
é preciso que nossos anjos e demônios sejam despertados,
e com eles sua raiva,
seu orgulho,
seu asco,
sua adoração
ou seu desprezo.
O que não faz você mover um músculo,
o que não faz você estremecer,
suar,
desatinar,
não merece fazer parte da sua biografia…”
- Martha Medeiros .

“A vida é como uma grande tela: jogue toda tinta que puder.” Danny Kaye

"No desespero e no perigo, as pessoas aprendem a acreditar no milagre."

“Sucesso é conseguir o que se quer… e felicidade é gostar do que se conseguiu.” Dale Carnegie

4 de novembro de 2008

"Ninguém pode construir em teu lugar as pontes que precisarás passar para atravessar o rio da vida - ninguém, exceto tu, só tu." Nietzsche

"Só a árvore que dá frutos é apedrejada, para deixá-los cair. A árvore estéril, ninguém dá a menor importância."

"A vida não é a que a gente viveu, e sim a que a gente recorda, e como recorda para contá-la". Gabriel Garcia Márquez

"O amor não se manifesta pelo desejo de fazer amor, mas pelo desejo do sono compartilhado." Milan Kundera

Mesmo sem querer...

"E de repente,
assim sem muito explicar,
a vida mostra pra gente que já não dá,
não adianta esperar.
De repente,
a gente se olha daquele jeito de antes,
e se beija daquele jeito de antes,
mas sabe no fundo no fundo
que nada mais vai ser como antes.
E assim de repente,
quase sem muito dizer,
a gente entende
que um adeus às vezes é para sempre,
mesmo sem a gente querer..."


Copiado e colado de Pipa não sabe voar

"Adestrei-me com o vento e minha festa é a tempestade." - Cecília Meireles

Eu sei, mas não devia


Eu sei que a gente se acostuma.

Mas não devia.

A gente se acostuma a morar em apartamento de fundos e a não ter outra vista que não as janelas ao redor. E porque não tem vista, logo se acostuma a não olhar para fora. E porque não olha para fora, logo se acostuma a não abrir de todo as cortinas. E porque não abre as cortinas, logo se acostuma a acender mais cedo a luz. E porque à medida que se acostuma, esquece o sol, esquece o ar, esquece a amplidão.

A gente se acostuma a acordar de manhã, sobressaltado porque está na hora.

A tomar café correndo porque está atrasado. A ler jornal no ônibus porque não pode perder o tempo da viagem. A comer sanduíches porque já é noite. A cochilar no ônibus porque está cansado. A deitar cedo e dormir pesado sem ter vivido o dia. A gente se acostuma a abrir a janela e a ler sobre a guerra. E aceitando a guerra, aceita os mortos e que haja números para os mortos. E aceitando os números, aceita não acreditar nas negociações de paz. E aceitando as negociações de paz, aceitar ler todo dia de guerra, dos números da longa duração. A gente se acostuma a esperar o dia inteiro e ouvir no telefone: hoje não posso ir. A sorrir para as pessoas sem receber um sorriso de volta. A ser ignorado quando precisava tanto ser visto. A gente se acostuma a pagar por tudo o que deseja e o que necessita. E a lutar para ganhar o dinheiro com que paga. E a ganhar menos do que precisa. E a fazer fila para pagar. E a pagar mais do que as coisas valem. E a saber que cada vez pagará mais. E a procurar mais trabalho, para ganhar mais dinheiro, para ter com o que pagar nas filas em que se cobra.

A gente se acostuma a andar na rua e ver cartazes, a abrir as revistas e ver anúncios. A ligar a televisão e assistir a comerciais. A ir ao cinema, a engolir publicidade. A ser instigado, conduzido, desnorteado, lançado na infindável catarata dos produtos.

A gente se acostuma à poluição. À luz artificial de ligeiro tremor. Ao choque que os olhos levam na luz natural. Às besteiras das músicas, às bactérias da água potável. À contaminação da água do mar. À luta. À lenta morte dos rios. E se acostuma a não ouvir passarinhos, a não colher frutas do pé, a não ter sequer uma planta.

A gente se acostuma a coisas demais, para não sofrer. Em doses pequenas, tentando não perceber, vai afastando uma dor aqui, um ressentimento ali, uma revolta acolá. Se o cinema está cheio, a gente senta na primeira fila e torce um pouco o pescoço. Se a praia está contaminada, a gente só molha os pés e sua no resto do corpo. Se o trabalho está duro, a gente se consola pensando no fim de semana. E se no fim de semana não há muito o que fazer, a gente vai dormir cedo e ainda satisfeito porque tem sono atrasado. A gente se acostuma para não se ralar na aspereza, para preservar a pele.

Se acostuma para evitar feridas, sangramentos, para esquivar-se da faca e da baioneta, para poupar o peito.

A gente se acostuma para poupar a vida.

Que aos poucos se gasta, e que, de tanto acostumar, se perde de si mesma.


Copiado e colado de Saudade Roxa

"Sempre haverá gente que te machuque. Assim, o que tens de fazer é seguir confiando e só ser mais cuidadoso em quem confias duas vezes."

Sobre a felicidade:

"Não se acostume com o que não o faz feliz,
revolte-se se for preciso...
Alague seu coração de esperanças,
mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se achá-lo, segure-o!
Circunda-te de rosas...
Ame...
Beba...
Ria...
O mais é nada!"


Fernando Pessoa

"Nem todos chegam a fracassar porque é tão trabalhoso, é preciso antes subir penosamente até enfim atingir a altura de poder cair." . . . C.L.

3 de novembro de 2008

"Amar é mudar a alma de casa." - Mário Quintana

"...certezas o vento leva. Só dúvidas ficam de pé..."

"...A dor eventual é o preço da vida: passagem, seguro e pedágio."

"As pessoas falam coisas, e por trás do que falam há o que sentem, e por trás do que sentem há o que são e nem sempre se mostra." Caio Fernando Abreu

"Se tem olhos exerga, se vê repara."

Gosto...

"Gosto dos venenos mais lentos!
Das bebidas mais fortes!
Das drogas mais poderosas!
Dos cafés mais amargos!
Tenho um apetite voraz.
E os delírios mais loucos.
Você pode até me empurrar de um penhasco
que eu vou dizer:
E daí? Eu adoro voar!"


Clarice Lispector

" O sexo é o consolo que a gente tem quando o amor não nos alcança."

"Sede como os pássaros que, ao pousarem um instante sobre ramos muito leves, sentem-nos ceder, mas cantam! Eles sabem que possuem asas." Victor Hugo

"SILÊNCIO ANTES DE NASCER, SILÊNCIO DEPOIS DA MORTE, A VIDA É PURO RUÍDO ENTRE DOIS SILÊNCIOS INSONDÁVEIS" Isabel Allende

Saber sentir...

"É preciso saber sentir, mas também saber como deixar de sentir, porque se a experiência é sublime pode tornar-se igualmente perigosa.
Para que um sentimento perca o perfume e deixe de intoxicar-nos , nada há melhor que expô-lo ao sol."
- Clarice Lisspector

"E além de não estar nem no aqui nem no agora, ele não partia." Caio F. Abreu

"Deus é o amigo imaginário dos adultos..."

"...a poeira é só a vontade que o chão tem de voar." - Rita Apoena

 
BlogBlogs.Com.Br